Como entender a taxa de inflação

2024-01-26
Resumo:

A taxa de inflação mede a desvalorização da moeda; um aumento indica uma redução do poder de compra, enquanto uma queda reflecte o abrandamento do crescimento económico e a estabilidade de preços. Calculado usando o Índice de Preços ao Consumidor (IPC), oferta monetária e crescimento econômico.

Desde a epidemia, a economia não tem estado muito pacífica em todos os lugares. E na vida, as pessoas perceberam que algumas coisas estão cada vez mais difíceis de comprar. E muitas coisas começaram a aumentar de preço, como casas, carros usados, materiais de construção para reforma, chips e assim por diante. Isso faz com que as pessoas tenham que ficar de olho na inflação, perguntando-se se o aumento dos preços hoje em dia se deve à inflação elevada. Assim, vamos descobrir como entender e calcular a taxa de inflação.

inflation rate Como entender a taxa de inflação

O nome completo é taxa de inflação, que é uma medida das mudanças no nível de preços e reflete as mudanças médias nos preços de uma cesta de bens e serviços durante um período de tempo. Geralmente é expresso em percentagem, ou seja, o aumento percentual dos preços num determinado ano em relação ao ano anterior. Seu valor positivo indica inflação, enquanto um valor negativo indica deflação. A inflação se refere a um aumento no nível de preços, enquanto a deflação é uma diminuição no nível de preços.


A inflação geralmente é causada por dois motivos principais: pressão sobre os custos e pressão sobre a demanda. A inflação de custos deve-se ao aumento dos custos de produção, tais como preços mais elevados das matérias-primas; a inflação puxada pela demanda se deve ao fato de a demanda superar a oferta, elevando os preços.


Um nível razoável de inflação é um dos indicadores mais importantes em que os economistas e os decisores políticos se concentram, uma vez que uma inflação demasiado elevada ou demasiado baixa pode ter um efeito adverso na economia. Quando a taxa de inflação é mais elevada, significa que o nível de preços está a subir mais rapidamente e o poder de compra está a diminuir, enquanto uma taxa de inflação mais baixa significa que os preços estão a subir mais lentamente e o poder de compra está relativamente estável. Um nível moderado de inflação é considerado bom para a economia porque incentiva o consumo e o investimento, ao mesmo tempo que mantém a moeda relativamente estável.


O seu aumento leva a uma diminuição do poder de compra da mesma quantidade de dinheiro, uma vez que a mesma quantidade de dinheiro compra menos bens e serviços. Faz com que as pessoas paguem mais para manter o mesmo nível de vida e pode ter um possível impacto negativo sobre os aforradores e os assalariados de rendimento fixo.


A sua volatilidade pode afectar as decisões de investimento e poupança das pessoas. Em tempos de inflação elevada, as pessoas podem estar mais inclinadas a investir em activos reais, como imobiliário e ouro, para preservar o seu valor. Também pode afectar as negociações salariais. Os trabalhadores geralmente exigem aumentos salariais para compensar o aumento do custo de vida causado pela inflação. E tem implicações para o planeamento financeiro empresarial e pessoal, que precisa de considerar o impacto da inflação sobre os activos e passivos para melhor proteger a riqueza.


A inflação pode ter impacto na dívida e nos investimentos. Em tempos de inflação, os mutuários podem beneficiar porque pagam as suas dívidas a uma taxa de juro real mais baixa. Contudo, para os detentores de obrigações de taxa fixa, a inflação pode resultar em retornos reais mais baixos.


As expectativas inflacionárias referem-se às expectativas do mercado e do público sobre a inflação futura. Tais expectativas podem afectar as decisões de consumo e investimento das pessoas e são um dos factores considerados pelos bancos centrais. Os bancos centrais de muitos países têm metas de inflação, geralmente em torno de 2%. O banco central influencia o nível de inflação através da política monetária, como o ajuste das taxas de juro, a fim de manter a estabilidade económica.


Muitas vezes, quando a inflação aumenta, o banco central pode apertar a política monetária e aumentar as taxas de juro para conter a inflação. Isto pode ser mais oneroso para os mutuários, mas ajuda a estabilizar o nível de preços. A inflação moderada ajuda a estimular a actividade económica, uma vez que incentiva as pessoas a comprar bens e serviços em antecipação a preços mais elevados, aumentando assim a produção e o emprego.


Globalmente, a inflação é um indicador económico importante e vários aspectos do sistema económico podem ser afectados por ela. Os decisores políticos, os investidores e o público em geral acompanham de perto a sua evolução, a fim de ajustarem o seu comportamento económico em conformidade.

Relação entre taxa de inflação e índice IPC
Taxa de inflação Índice IPC Relação
Ascendente Ascendente A inflação aumenta, o IPC sobe, indicando preços mais altos.
Ascendente Abaixo O aumento da inflação está correlacionado com a queda potencial do IPC.
Declinante Ascendente A queda da inflação impulsiona o IPC, sinalizando um crescimento mais lento dos preços.
Declinante Declinante A queda da inflação sinaliza um crescimento mais lento do IPC e dos preços.
Estabilização Ascendente A inflação estável pode aumentar lentamente o índice IPC.
Estábulo Abaixo A inflação estável pode diminuir lentamente o índice IPC.

Como é calculada a taxa de inflação?

A inflação é calculada comparando o índice de preços de bens e serviços de consumo, também conhecido como Índice de Preços ao Consumidor (IPC), em dois momentos. O índice de preços é uma medida do nível de preços que representa o preço médio de uma cesta de bens e serviços comuns.


Fórmula para calcular a taxa de inflação: Taxa de inflação = (valor do índice do último período menos valor do índice do período base) ÷ valor do índice do período base x 100


O período base é o ponto inicial da comparação e o último período é o ponto final da comparação. Esta fórmula se aplica ao IPC ou ao IPP, dependendo se se deseja medir os preços ao consumidor ou os preços dos produtos brutos.


Primeiro, determine se deseja usar o IPC ou o PPI, dependendo do perfil de inflação desejado. Determine o ponto inicial (período base) e o ponto final (último período) da comparação. Em seguida, obtenha os valores do índice correspondentes para o período base e o período mais recente. Esses valores são então substituídos na fórmula de cálculo da taxa de inflação para chegar à taxa de inflação.


Por exemplo, se o IPC for usado e o IPC do período base for 100, e o IPC do último período for 110. então a taxa de inflação é calculada da seguinte forma: Taxa de inflação = (110-100) ÷ 100 × 100 = 10%


Isto representa um aumento de 10% no nível de preços em relação ao período base. Observe que o cálculo da taxa de inflação pode ser baseado em diferentes períodos de tempo e tipos de índices.


No entanto, é importante notar que o IPC é um indicador dos preços no consumidor para toda a sociedade, e existem limitações à sua utilização como um substituto completo da taxa de inflação. 262 categorias básicas de preços estão incluídas no IPC, incluindo preços de alimentos, cigarros, álcool, roupas, aluguéis, transporte, educação e assim por diante. Roupas, alimentação, moradia e transporte estão incluídos, mas não estão incluídos no preço do imóvel.


E as flutuações dos preços no mercado imobiliário têm um impacto muito grande na percepção que as pessoas têm dos preços. Por exemplo, um aumento de 20% no preço de uma tigela de macarrão quente de cinco dólares e um aumento de 20% no preço de uma casa – esta é uma percepção completamente diferente das pessoas que querem comprar uma casa. Portanto, o aumento dos preços das casas, que torna a nossa experiência de preços mais real, não é mostrado no IPC. Portanto, você não pode simplesmente substituir a taxa de inflação pelo IPC.


A taxa de inflação é uma medida de quanto a moeda se desvalorizou. Para obter uma taxa de inflação mais realista, você pode usar uma comparação entre a oferta monetária e a taxa de crescimento econômico.


Primeiro, meça a oferta monetária (M2). M2 é uma medida da ampla oferta monetária, incluindo dinheiro, depósitos em cheque e depósitos de poupança. O valor de M2 ​​pode ser obtido através de dados do National Bureau of Statistics ou organizações relacionadas.


Em seguida, meça o produto nacional bruto (PIB). O PIB é a soma da produção económica do país e reflete o tamanho da economia global. Mais uma vez, o valor do PIB pode ser obtido a partir dos dados do Instituto Nacional de Estatística ou de organizações relacionadas.


E comparando a taxa de crescimento do M2 com a taxa de crescimento do PIB, pode-se obter a diferença entre a oferta monetária e o crescimento económico. O valor da diferença na taxa de crescimento é uma aproximação da taxa de inflação, que é calculada como: diferença na taxa de crescimento = taxa de crescimento do M2 menos taxa de crescimento do PIB.


É importante notar que o cálculo da taxa de inflação é uma aproximação, pois podem estar envolvidas algumas variáveis ​​macroeconómicas complexas. Esta metodologia proporciona aos indivíduos e aos investidores um meio de compreender o impacto da inflação na riqueza, o que pode ajudar a preservar e aumentar melhor o valor nas decisões financeiras.

How is the inflation rate calculated

O que significa inflação alta?

Uma taxa de inflação elevada significa que o nível de preços está a subir mais rapidamente e o poder de compra do dinheiro está a diminuir em termos relativos, ou seja, a mesma quantidade de dinheiro compra menos bens e serviços. Embora possa haver uma série de impactos sobre os indivíduos, as empresas e a economia, o impacto económico pode variar para diferentes grupos de pessoas. Por exemplo, para aqueles que detêm activos reais ou são capazes de ajustar os seus rendimentos, a inflação pode resultar em ganhos de investimento.


A inflação elevada leva a uma redução do poder de compra da mesma quantidade de dinheiro, com as pessoas a necessitarem de pagar mais pela mesma quantidade de bens e serviços. Isto pode afectar a capacidade de gasto de um indivíduo, especialmente para aqueles que recebem rendimentos fixos ou salários mais baixos. A inflação elevada pode levar ao enfraquecimento do seu poder de compra real e ao aumento do custo de vida.


A inflação elevada pode corroer o valor do dinheiro na poupança e aumentar a incerteza no planeamento financeiro para empresas e indivíduos. As empresas poderão enfrentar custos mais elevados, enquanto os indivíduos poderão sentir que o valor real das poupanças diminuiu. As pessoas poderão ter mais dificuldade em manter o poder de compra futuro através da poupança, à medida que o valor real do dinheiro diminui.


Para conter a inflação, os bancos centrais podem apertar a política monetária e aumentar as taxas de juro. Isto pode levar a um aumento do custo dos empréstimos e ter um impacto nas atividades de financiamento de empresas e indivíduos. Para neutralizar a inflação, o banco central pode aumentar as taxas de juros. Isto pode levar a custos de financiamento mais elevados, afectando o consumo e o investimento.


A inflação elevada pode levar à instabilidade económica, dificultando às empresas o planeamento a longo prazo e aos investidores a tomada de decisões de investimento informadas. Os investidores que detêm obrigações de taxa fixa podem ser afetados negativamente, uma vez que a inflação reduz o poder de compra real das obrigações. Alguns investidores podem procurar activos de cobertura da inflação, como o ouro e o imobiliário, para proteger os seus activos da inflação.


No geral, o aumento da inflação é geralmente visto como um factor de desestabilização da economia que requer políticas e medidas relevantes para manter a estabilidade económica. Os bancos centrais geralmente tomam medidas para controlar a inflação para garantir que a economia mantenha um crescimento saudável e estabilidade.

Impact rates of inflation on prices O que significa uma queda na taxa de inflação?

Uma queda na taxa de inflação geralmente significa que a taxa de aumento do nível geral de preços desacelera ou que os preços caem globalmente durante um determinado período de tempo. Pode ser um sinal no ciclo económico de que a economia atravessa um período mais difícil. Quando a confiança dos consumidores cai, o investimento diminui ou a situação do comércio internacional é desfavorável, a procura global pode cair, levando a uma atenuação dos aumentos de preços de bens e serviços.


Alguma inflação é um sinal normal de crescimento económico. Se a inflação for demasiado baixa, poderá indicar um crescimento económico insuficiente. Muitas vezes, um declínio na inflação pode ser devido a um abrandamento ou recessão no crescimento económico. Quando a actividade económica é fraca, o consumo e o investimento podem abrandar, levando à falta de procura, o que retarda a taxa de aumento dos preços.


O banco central pode estimular a economia através da adopção de uma política monetária fácil, como o corte das taxas de juro, o que pode levar a uma diminuição da taxa de inflação. Ao reduzir as taxas de juro, o banco central incentiva a contracção de empréstimos e o investimento e aumenta a oferta monetária, o que por sua vez aumenta o nível de consumo e investimento. Esta política monetária fácil ajuda a aliviar as pressões inflacionistas.


Os preços da energia são uma componente importante da inflação. A descida da inflação pode estar associada à descida dos preços da energia, especialmente de matérias-primas como o petróleo e o gás natural. O abrandamento dos preços da energia poderá ter reduzido os custos de produção e de transporte, com o consequente impacto na inflação global.


Quando há excesso de capacidade de produção, as empresas podem ter dificuldade em aumentar os preços. O excesso de capacidade de produção pode ser um factor na diminuição da inflação porque as empresas têm dificuldade em manter os lucros através do aumento dos preços num mercado competitivo.


A diminuição da inflação significa que a mesma quantidade de dinheiro pode comprar mais bens e serviços, pelo que as pessoas têm mais poder de compra. Pode ser mais fácil para as empresas e os indivíduos planearem as suas finanças, uma vez que a queda da inflação normalmente conduz a um nível de preços mais estável. Poderá também levar a um aumento do peso real da dívida, uma vez que o custo do empréstimo é relativamente elevado. Isto pode ter um impacto nas entidades com dívida significativa.


A descida da inflação é geralmente vista como um problema potencial pelos governos e bancos centrais, uma vez que a inflação moderada ajuda a promover um crescimento económico saudável. No caso da deflação, é possível que os efeitos negativos da inflação sejam atenuados. É claro que também pode ser acompanhada de problemas económicos, como problemas de dívida e atrasos nas compras por parte dos consumidores.

Relação entre inflação e taxas de juros
Taxa de inflação Taxa de juros Relação
Ascendente Ascendente O aumento da inflação pode fazer com que o banco central aumente as taxas de juros para conter a inflação.
Ascendente Abaixo O aumento da inflação pode desencadear um aperto do banco central através de taxas de juro mais elevadas.
Declinante Ascendente A queda da inflação pode desencadear cortes nas taxas do banco central para estímulo económico.
Declinante Abaixo A inflação baixa leva os bancos centrais a reduzir as taxas de juro para estímulo económico.
Estabilização Ascendente A inflação estável provoca ajustes nas taxas do banco central.
Estábulo Abaixo A estabilidade da inflação orienta os ajustes das taxas do banco central.

Isenção de responsabilidade: Este material é apenas para fins de informação geral e não se destina a ser (e não deve ser considerado como sendo) aconselhamento financeiro, de investimento ou outro no qual deva ser confiada. Nenhuma opinião dada no material constitui uma recomendação da EBC ou do autor de que qualquer investimento, título, transação ou estratégia de investimento específico seja adequado para qualquer pessoa específica.

Visão geral do Walmart e sua avaliação de investimento

Visão geral do Walmart e sua avaliação de investimento

O Walmart, um dos principais retalhistas globais com vasto alcance e uma forte cadeia de abastecimento, apresenta vendas e resultados financeiros robustos, tornando o seu stock num investimento a longo prazo.

2024-07-12
Base de negociação de futuros de cobre e análise de mercado

Base de negociação de futuros de cobre e análise de mercado

As regras para futuros de cobre incluem especificações de contrato, horários de negociação e margens. Acompanhar tendências e indicadores globais ajuda a criar estratégias eficazes.

2024-07-12
Análise de tendências do índice de Xangai e estratégia de enfrentamento

Análise de tendências do índice de Xangai e estratégia de enfrentamento

O Shanghai Composite Index reflete o mercado de ações A. Os investidores devem concentrar-se no sentimento, nos indicadores, nos macrofatores e no timing das ações com sabedoria.

2024-07-12